Concurso para 1 Bolsa de Investigação (BI) para Mestrando

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de 1 Bolsa de Investigação para mestrando com o objetivo de realizar uma dissertação de mestrado sobre o pintor JÚLIO POMAR, proporcionada ao abrigo do apoio mecenático a título individual. Esta bolsa resulta de uma parceria entre Tereza Martha – Fundação Júlio Pomar, o Atelier-Museu Júlio Pomar/EGEAC, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa através do Instituto de História de Arte.

 

Referência: FCSH / IHA / JÚLIO POMAR / 1 BI para Mestrando
Área Científica: Artes e Humanidades
Área Científica específica: História da Arte Contemporânea
Requisitos de admissão:
1. Licenciatura em História da Arte, ou outras áreas afins, com média final não inferior a 15 valores;
2. Frequência da parte curricular do mestrado preferencialmente em História da arte e Museologia, ou em áreas afins;
3. Experiência de investigação documental em História da Arte Contemporânea;
4. Bom nível de inglês falado e escrito.
Plano de trabalhos:
1) Investigação monográfica sobre a obra e a figura de Júlio Pomar na sua dimensão artística e histórica e sociopolítica;
2) Apresentação dos resultados da investigação em reuniões regulares com as orientadoras;
2) Redação da dissertação e defesa pública da mesma.
Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. – em vigor https://www.fct.pt/apoios/bolsas/regulamento.phtml.pt
Local de trabalho: O trabalho será desenvolvido em articulação estreita com o Atelier-Museu Júlio Pomar e nas bibliotecas especializadas, envolvendo também contactos necessários com museus e outras entidades que detêm obras de Júlio Pomar.
A orientação será assegurada pelas orientadoras da dissertação, Prof. Doutora Raquel Henriques da Silva e Doutora Sara Antónia Matos.
Duração da(s) bolsa(s): A bolsa terá a duração de 12 meses, com início previsto em julho de 2021. O contrato de bolsa não poderá ser renovado.
Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a € 835,98, conforme tabela de valores das bolsas atribuídas diretamente pela FCT, I.P. no País (http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores).
Métodos de seleção: A seleção dos candidatos será feita mediante avaliação curricular, na qual serão ponderados:
1. curriculum vitae (35%),
2. o plano de trabalhos e linhas de aprofundamento (máximo 750 palavras) dentro do âmbito de estudo já delimitado (A produção plástica de Júlio Pomar na sua relação com a literatura: as encomendas, as ilustrações para obras literárias, a relações não-hierárquicas entre texto e imagem, etc.), fundamentado em conhecimento extensivo da bibliografia sobre Júlio Pomar (35%),
3. nível de inglês falado e escrito (10%),
4. carta de motivação (20%).
Caso persistam dúvidas na seleção dos candidatos após a avaliação curricular, o júri poderá marcar entrevistas aos candidatos melhor classificados.
Composição do Júri de Seleção:
Presidente do Júri: Prof. Doutora Raquel Henriques da Silva
Vogal efetivo: Doutora Sara Antónia Matos
Vogal efetivo: Doutora Susana Martins
Vogal Suplente: Doutora Joana Baião
Forma de publicitação/notificação dos resultados: Os resultados finais da avaliação serão publicitados, através de lista ordenada por nota final obtida, no site da NOVA FCSH, até 90 dias úteis após a data limite de submissão de candidaturas, sendo o candidato(a) aprovado(a) notificado(a) através de email.
Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 28 de abril e 25 de maio de 2021.
As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: Curriculum Vitae, certificado de habilitações, comprovativo de inscrição no mestrado e carta de motivação.
As candidaturas deverão ser enviadas para o email para bolsasiha@fcsh.unl.pt, com conhecimento de susana.martins@fcsh.unl.pt e de saramatos@egeac.pt, com o seguinte assunto na mensagem: Bolsa BI IHA – Atelier-Museu Júlio Pomar.
No caso de graus académicos obtidos em instituições de ensino superior estrangeiras, é necessária a apresentação do reconhecimento dos graus obtidos, de acordo com o DL Nº 66/2018, de 16 de agosto; ou, em falta do reconhecimento no momento de candidatura, declaração sob compromisso de honra de que fará esse reconhecimento antes da contratualização da Bolsa em caso de ser o/a candidato/a selecionada/o.
Não obstante, é obrigatória a apresentação do reconhecimento até ao momento de contratualização da bolsa.

 

Consulte o edital em: ERACareers / FCSH