Workshop – Plataforma Doutoral IHA | Catherine Quéloz e Liliane Schneiter | 21-22 Nov. 2019

Workshop com Catherine Quéloz e Liliane Schneiter

21 e 22 Novembro 2019

[Local a definir]

Organização IHA: Raquel Ermida

 

Vagas: 12
Língua de trabalho: Inglês
Data limite de inscrição: 14 de Novembro
Transversal a todos os grupos de investigação

 

Este workshop pretende ser um espaço de experimentação e de construção de uma Plataforma Doutoral no Instituto de História de Arte. Catherine Quéloz e Liliane Schneiter, professoras honorárias da Haute École d’Arts et de Design de Genebra e especialistas em história de arte, estudos críticos e curatoriais, são convidadas a coordenar esta sessão inaugural.
Fundadoras da RPDP-A (2015), C. Quéloz e L. Schneiter são facilitadoras desta plataforma internacional que reúne mensalmente investigadores juniores e seniores cujos projetos se relacionam, direta ou indiretamente, com as práticas artísticas. Os seus investigadores provêm das mais diversas áreas de estudo e encontram-se em diferentes estágios da sua investigação. A RPDP-A é um espaço através do qual os investigadores têm a possibilidade de apresentar o estado dos seus projetos, discutindo-se formatos de apresentação e metodologias de trabalho sugeridos pelas práticas artísticas.
A plataforma assenta ainda no princípio de que a investigação, enquanto processo que se desenrola ao longo da vida, ela é sobretudo uma condição para “viver uma vida boa”.
Nesta primeira sessão da Plataforma Doutoral do Instituto de História de Arte, pretende-se discutir com os participantes o que está na base de uma investigação através das práticas artísticas, testar e experimentar alguns exercícios metodológicos e potenciar relações futuras com a Research Platform & Doctoral Practice in Arts em Genebra.

 

Inscrições: ihaplataformadoutoral@gmail.com
[indicar: nome; área de investigação/programa doutoral]

 

PROGRAMA

 

Dia 21
10h – 10h30
Apresentação das investigadoras Catherine Quéloz e Liliane Schneiter, criadoras e facilitadoras da RPDP-A | Breve apresentação dos participantes.
10h30 – 11h
La petite forme: apresentação conjunta de um exercício metodológico desenvolvido por duas investigadoras da plataforma RPDP-A.
La petite forme consiste na apresentação de um momento/aspeto particular da investigação (uma reflexão, uma questão, problemática, conceito, referência, etc.) através de um objeto, uma imagem, fragmento de um filme, leitura, entre outros. La petite forme procura dar uma dimensão performativa à experiência da investigação. Ela visa a partilha com os pares do estado da investigação e a criação de momentos de discussão que potenciem o seu futuro desenvolvimento.
11h – 11h30
Discussão
11h30 – 11h45
Pausa
11h45 – 12h30
Between the lines
A criação do CCC Research based master programme (HEAD, Genebra) e da RPDP-A.
12h30 – 14h
Pausa de Almoço
14h – 14h30
Discussão sobre a apresentação de C.Q. e L.S.
14h30 – 15h30
Apresentação e discussão do projeto de investigação de um doutorando do IHA.
15h30 – 15h45
Pausa
15h45 – 16h45
Apresentação e discussão do projeto de investigação de um doutorando do IHA.

 

Dia 22
09h – 9h30
Breve sumário das atividades do dia anterior.
09h30 – 10h30
Research in practice
Este exercício pretende repensar as metodologias de investigação usadas em contexto académico e transformar o seu formato através das práticas artísticas. Os exercícios metodológicos e a reinvenção de metodologias investigação são parte integrante do conhecimento partilhado pela plataforma.
10h30 – 10h45
Pausa
10h45 – 11h30
International thread
Encerramento da sessão. Balanço, sugestões e considerações sobre o formato das futuras sessões da plataforma em Portugal. Possibilidade de intercâmbio e desenvolvimento de projetos futuros entre as duas plataformas.

 

IMG_3039

 

Catherine Quéloz é historiadora de arte e tem trabalhado sobre a transformação das práticas artísticas situadas, as histórias “menores”, os efeitos da história social e das teorias de género e pós-coloniais sobre a arte e a escrita cultural da história. Co-fundadora, juntamente com Liliane Schneiter, do programa de Mestrado de investigação CCC e do seminário de Pré-doutoramento/PhD na Haute école d’art et de design, em Genebra (2000-2015). Professora honorária HES-SO (Haute École Spécialisée de Suisse Occidentale), Quéloz é consultora em investigações sobre culturas emergentes e sobre a economia da educação. Orienta igualmente inúmeras investigações de doutoramento em práticas artísticas. É membro da RPDP-A (Plataforma de investigação e prática doutoral em artes), uma ONG da investigação em artes. Catherine Quéloz recebeu em 2014 o prémio de arte suíço Méret Oppenheim.

 

Liliane Schneiter é historiadora de arte medieval e moderna e professora HES-SO (Haute École Spécialisée de Suisse Occidentale). Ensinou em várias instituições, universidades e espaços alternativos. Os seus campos de investigação são: a teoria crítica da história (Walter Benjamin, Escola de Frankfurt, as transformações contemporâneas da soberania), a história moral e política inscrita na filosofia continental e anglo-saxónica e o potencial da arte em rede na ação cívica. Co-fundadora, juntamente com Catherine Quéloz, do Programa de Mestrado CCC (Estudos críticos, curatoriais e de cybermedia) e do seminário de Pré-doutoramento/PhD na Haute école d’art et de design, em Genebra (2000-2015). É consultora em investigações sobre culturas emergentes e a economia da educação. É membro da Plataforma de investigação e prática doutoral (RPDP-A), uma ONG da investigação em artes.