“Livro de Imagens: Portugal, Chris Marker e a coleção Petite Planète” | Biblioteca de Arte, FCGulbenkian | 02 jul.

A Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian associou-se ao Projeto “Fotografia Impressa. Imagem e Propaganda em Portugal (1934-1974)” [PTDC/CPC-HAT/4533/2014], integrado no Instituto de História da Arte da NOVA FCSH e no DINÂMIA-IUL-ISCTE, acolhendo o ciclo de 3 conversas sob o tema Quando a fotografia impressa faz a História.
Este projeto tem por objetivo a identificação, a análise e a discussão da imagem fotográfica impressa como instrumento de propaganda pelo «Novo Estado» português de 1934 ao final do regime em abril de 1974.

 

Próxima sessão:
02 julho | 17h30
“Livro de Imagens: Portugal, Chris Marker e a coleção Petite Planète”
Entre 1954 e 1958, Chris Marker edita para a Seuil a peculiar coleção de livros fotográficos de viagem – a Petite Planète – que contempla um número dedicado a Portugal, publicado em 1957. Neste volume, abertamente crítico do regime de Salazar e da sua propaganda, o texto mordaz é iluminado pelas imagens e pela experimental montagem fotográfica do próprio Marker, que aqui ensaia elementos da sua linguagem cinematográfica posterior. Escapando às convenções do protocolo turístico, este livro afirma uma autoria artística e devolve-nos, em contradiscurso, um sugestivo e invulgar retrato do país.
Moderação: Susana Martins (IHA/NOVA FCSH)
Local: Átrio da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian

 

Sessões anteriores:
07 maio
“Obras Públicas e Cultura Popular: Atlas do Espírito Nacional”
Paula André (Dinâmia CET – ISCTE IUL)

28 maio
“Foto-Livros Portugueses de Propaganda Política”
Filomena Serra (IHA/NOVA FCSH) e Eduardo Cintra Torres (U. Católica)

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Saiba mais sobre o Ciclo, aqui.