Apresentação do livro de Paulo Oliveira Ramos sobre um longo combate pelo Património | 27 fev.

capa.jpg

A Princesinha Branca e Esbelta e o Dragão Negro e Rotundo ou a Torre de Belém vs. A Fábrica de Gás: Um longo combate pelo Património

 

Apresentação por Vítor Serrão (FLUL)
27 fevereiro, 18h30
Salão Nobre da Universidade Aberta

 

Esta obra é o resultado do trabalho de investigação desenvolvido ao longo de vários anos por Paulo Oliveira Ramos, investigador do IHA, sobre a polémica instalação de uma fábrica de gás junto à Torre de Belém, em 1888, e a longa luta desenvolvida ao longo de mais de 60 anos pela imprensa, os arqueólogos, as associações cívicas, as academias, os artistas, os escritores, alguns vereadores de Lisboa e certos políticos contra tal atentado patrimonial.
Esta pesquisa culminaria com a elaboração de uma tese de doutoramento em Ciências Humanas e Sociais (Ramo História), intitulada A Princesinha Branca e Esbelta e o Dragão Negro e Rotundo – Um Estudo de História do Património de Lisboa, 1888-1950, defendida em 2003 na Universidade Aberta.
O presente volume – que inclui um texto síntese impresso em português e inglês, uma recolha de imagens e um dispositivo digital com a versão integral do texto académico –  faz parte da nova série de Monografias editadas pela Associação dos Arqueólogos Portugueses (AAP).
Convite